Translate

terça-feira, 12 de maio de 2015

Vênus em Câncer

        Vênus em Câncer/Caranguejo
   Vênus para os romanos, Afrodite para os gregos, Netzack/Árvore da Vida, sétima esfera na Cabala. Para a Astrologia representa o feminino, como encontramos prazer, valorizamos, interagimos e somos agradáveis.
   A posição que Vênus ocupa no nosso mapa natal diz onde as experiências nos dão prazer e podemos agradar os outros. No mapa dos homens representa o feminino que se identifica.
   Vênus é a Deusa do amor e da beleza, associada a venéreos e afrodisíacos, ambos relacionados ao sexo. Afrodite era a mãe de Eros de onde vem a palavra erótica, rege dois signos do zodíaco, Touro e Libra, em cada uma das regências manifesta um traço da Vênus e está exilada em Escorpião e Áries e em queda em Virgem.
   Vênus rege o amor, o tesão e não necessariamente o romance, é o fogo que arrebata e nos impulsiona para fora de nós, para o outro.
   A mais bela e graciosa das deusas casa com Hefesto, o mais feio e mal-humorado dos deuses, por isto a Vênus em nosso mapa pode estar relacionada a coisas não muito agradáveis, que precisam ser resolvidas, e sua presença suaviza e deixa mais leve estas experiências.
  A Vênus transitará por Câncer/Caranguejo de 07 de maio até 05 de junho de 2015, signo regido pela Lua, o outro aspecto do feminino no nosso Mapa. Com a Vênus em Câncer/Caranguejo os assuntos da afetividade, maternidade, segurança emocional, nutrição e dos assuntos familiares e imobiliários (a casa) estarão em alta.
   Esta Vênus valoriza o casamento e as relações afetivas, por isto tendem a casar cedo e ter uma família numerosa. Donos de grande sensibilidade para perceber circunstâncias e pessoas, buscam situações e relacionamentos nos quais possam se sentir seguros e amados. São conservadores e ligados ao passado, às lembranças e às suas origens, o que acentua o jeito devotado e indulgente.
   São extremamente protetores, e podem ser pais com tendência a infantilizar os filhos e controlar a família. Precisam praticar o desapego e a amar sem posse. Possui muita imaginação, é sonhador e romântico. Necessita da segurança, do aconchego e da intimidade do lar, que pensam que os protegem das adversidades do mundo externo. Mas devem cuidar para que a vida familiar não prejudique a vida profissional.
   Podem ser grandes cozinheiros por suas habilidades natas para nutrir e aconchegar. As qualidades lunares desta Vênus conferem grande talento para a magia e para a administração doméstica. Grande dificuldade nas relações impessoais o que pode desenvolver carências, frustrações e solidão, precisam ser canalizadas positivamente para atividades comunitárias, voluntariado, assistência social e atividades políticas.
   Enquanto no céu esta Vênus vibra uma energia de sensibilidade, afetividade, potencializa a gravidez e os excessos alimentares. Período que devemos descarregar nossas questões emocionais na comida, o que pode nos fazer engordar. Com este posicionamento pode-se desenvolver doenças autoimunes, ginecológicos e obesidade, de cunho psicossomático. 
    Em Câncer/Caranguejo a Vênus estará em quadratura, aspecto que forma ângulo de 90°, com Urano, que transita em Áries/
Carneiro desde março de 2011 até maio de 2018, estilhaçando formas superadas, preparando a humanidade para o novo ciclo, mudando atitudes, ampliando os limites formais, destruindo preconceitos e evoluindo comportamentos.

   Será um período de reavaliação e debates dos padrões que regem o convívio familiar, da necessidade que temos de mudar valores que não mais se adéquam com o Novo Mundo, Nova Era, Nova Humanidade, e a célula “Família”. Repensar nossos relacionamentos, os códigos de convívio, o Amor e os motivos que nos ligam uns aos outros. Os direitos individuais, a cidadania e a diversidade. Vamos mudar nossas atitudes através de situações nem sempre agradáveis, que podem envolver violência sexual, portanto não vamos correr riscos desnecessários. A Vênus estará em oposição a Plutão que está em Capricórnio destruindo violentamente as hipocrisias sociais, familiar e individuais. São dias de grande ebulição nas relações afetivas e violência urbana potencializada.
   Individualmente este trânsito pode estabelecer uma revolução na nossa postura frente os nossos sentimentos, os relacionamentos íntimos, de amor, amizade, sociedades e parcerias em geral. Devemos sair deste trânsito com a certeza que se expandir passa por compartilhar afeto, conhecimentos e conquistas. Reescrever o ditado: “Farinha pouca meu pirão primeiro” para “Farinha pouca compartilhada pirão para todos”.
   Vamos concluir que convivendo neste universo cíclico, todos habitando o mesmo planeta Terra, a nossa casa, e que as nossas relações íntimas são determinantes no nosso convívio social. O que acontece com um atinge a todos. Quando evoluímos nossos valores e comportamentos mudamos nossas relações íntimas e profissionais, contribuímos com as mudanças na sociedade e evoluímos o mundo.