Translate

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Lua Nova em Trânsito pelo Mapa Natal

   Lua Nova em Trânsito pelo Mapa Natal
   Lua Nova nesta sexta-feira 27/06/2014 as 05h08' no 5° de Câncer. A casa do mapa astral que ocorre a Lua Nova é a área da vida que será potencializada pelo ciclo que culmina na Lua Cheia, afetando a casa oposta. Ocorrendo a fase Nova na casa I devemos prestar atenção como estamos encaminhando os relacionamentos, casa VII, os efeitos tanto positivos quanto negativos irão aparecer na próxima Lua Cheia. O signo da lunação é o arquétipo envolvido, e nesta temos Câncer, signo da família, da casa, da origem, da nutrição, da maternidade e das memórias. 
Se a Lua Nova acontece no Mapa Natal na: 
Casa I e VII – Nossas atitudes frente o mundo, como nos relacionamos com o Eu e com o Outro. Potencializa a auto estima e o cuidado com a aparência. O que provocamos através das nossas atitudes com os outros, definindo os relacionamentos. Energiza, ativa e beneficia a independência, tomadas de decisões e início de alianças produtivas. 
Casa II e VIII – Foca o que penso que possuo e como vejo as perdas. Inicia um período de crises e perdas, muitas vezes necessárias para novos começos e possibilidades de fazer mudanças fundamentais para se poder ganhar o que se ambiciona. Valorizar a integridade física e os poderes pessoais. Concentração da vontade e renascimento. 
Casa III e IX – Ativa o pensamento e como analisamos a vida, capacidade de diálogo, irmãos, vizinhos e comunicação em geral. Nossas experiências acumuladas, ideologia, filosofia de vida, cultura e fé. Intensifica conclusões e aprendizados, aproxima mestres espirituais e professores acadêmicos. Movimento e troca, do desejo de acertar as metas e aspirações. 
Casa IV e X – Família e assuntos que se referem a casa, afeta os pais. Toca os hábitos, a vida particular e as origens. Envolve nossa imagem pública, profissão, reputação e para onde vamos. Favorece a busca de intimidade e os encontros familiares, sanguíneos ou não. Reuniões que definam projetos e iniciar o que ambicionamos que seja sólido. Beneficia a busca de proteção e estruturação. 
Casa V e XI – Criatividade, filhos e prazer de viver e como queremos ser amados. Onde nos inserimos na sociedade, função, preocupações com o coletivo, relações sociais e grupo de amigos. Foca a nossa auto estima e onde nos sentimos a vontade e pertencemos. Lunação para sair do ostracismo, curar a auto imagem, aparecer e brilhar. Podemos nos diferenciar da massa e nos libertar dos limites impostos. 
Casa VI e XII – Afeta o trabalho cotidiano, deveres e o que achamos que é nossa obrigação. Focaliza como nos alimentamos, processamos os nutrientes e como organizamos nossa vida. Se manifesta na nossa espiritualidade e saúde. Lembra que as doenças são manifestações de como conduzimos nossas vidas e que somos mortais. Lunação para colocar as coisas no lugar e diminuir o ritmo. Descobrir o que realmente vale a pena e fazer mudanças de hábitos e de critérios.

sexta-feira, 20 de junho de 2014

Solstício e Sol em Câncer

  Solstício e Sol em Câncer/Caranguejo
    A entrada do Sol em Câncer marca o Solstício de Inverno no Hemisfério Sul e o de Verão no Hemisfério Norte.
   Para a astronomia solstício vem do latim, Sol + sistere, que não se mexe, é o momento em que o sol, durante seu movimento aparente na esfera celeste atinge a maior declinação em latitude, medida a partir da linha do equador. Os solstícios ocorrem duas vezes por ano, em dezembro e em junho. O dia e hora exatos variam de um ano para outro. Quando ocorre no verão significa que a duração do dia é a mais longa do ano. Analogamente, quando ocorre no inverno, significa que a duração da noite é a mais longa do ano.
   No Hemisfério Sul o Solstício de Verão ocorre por volta do dia 21 de dezembro e o Solstício de Inverno por volta do dia 21 de junho. Estas datas marcam o início das respectivas estações do ano neste Hemisfério. Já no Hemisfério Norte o fenômeno é simétrico, o Solstício de Verão ocorre em junho e o Solstício de Inverno ocorre em dezembro. Os momentos exatos dos Solstícios marcam a mudança de estação. Isto ocorre porque quando a Terra está mais próxima do Sol, periélio, viaja mais velozmente do que quando está mais longe, afélio, em conformidade com a segunda lei de Kepler.
   Na antiguidade, as iniciações eram feitas sempre no solstício de Inverno, porque sendo o ultimo dia de maior noite, significava a marca do inicio do ciclo de dias de luz cada vez maiores, significava ainda a saída do mundo dos mortos, a noite, a escuridão, ou a entrada no mundo dos vivos, o dia, a luz. As iniciações tinham assim o significado de renascer ou nascer de novo para a Luz, o renascimento assume assim o significado simbólico da vida que se renova após a grande noite, a morte.
   No Egito antigo, os Faraós eram reiniciados a cada novo Solstício de Inverno. As Pirâmides foram construídas em alinhamento para receber o Sol de frente à porta de entrada, exatamente no dia do Solstício de Inverno. Em diversas outras civilizações, as grandes obras de arquitetura foram construídas com este alinhamento e com este objetivo.

   Os trópicos de Câncer e Capricórnio são definidos em função dos Solstícios. No Solstício de Verão do Hemisfério Sul, os raios solares incidem perpendicularmente à superfície da Terra no Trópico de Capricórnio. No solstício de verão do Hemisfério Norte ocorre o mesmo fenômeno no Trópico de Câncer.
  Em várias culturas ancestrais, o Solstício de Inverno era festejado com comemorações que deram origem a vários costumes hoje relacionados com o Natal das religiões pagãs. O Solstício de Inverno, o menor dia do ano, a partir de quando a duração do dia começa a crescer, simbolizava o início da vitória da luz sobre a escuridão. Festas das mitologias persas e hindus referenciavam as divindades de Mitra como um símbolo do Sol Vencedor, marcada pelo Solstício de Inverno. A cultura do Império Romano incorporou a comemoração dessa divindade através do Sol Invictus. Com o enfraquecimento das religiões pagãs, a data em que se comemoravam as festas do Sol Vencedor passaram a referenciar o Natal, numa apropriação destinada a incorporar as festividades de inúmeras comunidades recém convertidas ao cristianismo.
   Na linha do equador a duração dos dias é fixa ao longo das estações do ano com doze horas de luz e doze horas de noite. Desse modo os Solstícios nessa linha não podem ser obtidos através de dias ou noites mais longas e somente podem ser observados através do dia em que o Sol atinge a menor elevação no meio-dia local, podendo o azimute dessa elevação do Sol estar orientado para o Norte (Solstício de verão no Hemisfério Norte) ou para o Sul (Solstício de verão no Hemisfério Sul). Na linha do equador não há como dizer se um Solstício é de verão ou de inverno uma vez que demarcam a separação dos Hemisférios Norte e Sul da Terra.
   Nas linhas dos trópicos de Câncer e Capricórnio, os Solstícios de Verão respectivos a cada Hemisfério da Terra coincidem com o único dia do ano em que os raios solares incidem perpendicularmente.
    Nas linhas dos círculos polares Ártico e Antártico, os Solstícios marcam o único dia do ano em que o dia ou a noite duram 24 horas ininterruptas, considerando a estação do ano, verão ou inverno, respectivamente. A entrada do Sol em Câncer marca o Solstício de Inverno no Hemisfério Sul e o de Verão no Hemisfério Norte.
   Com o Sol transitando por Câncer até 22 de julho de 2014, temos um signo de Água, energia acolhedora voltada para a nossa nutrição física e emocional. Os sentimentos e emoções são trabalhados nesse signo, assim como a afetividade e reações inconscientes. Signo regido pela Lua e relacionado ao 4° Trabalho de Hércules.
   Neste ciclo fará conjunção com Júpiter e quadratura com Marte, Urano e oposição a Plutão, trígono com Netuno e Quíron. O trígono com Netuno e Quíron potencializa experiências mediúnicas, inspiração, crianção artística e curas emocionais através de práticas alternativas, medicina oriental e vivências espirituais. Estaremos mais nervosos e ansiosos com muita imaginação e criatividade. No entanto, tenderemos a distorcer a realidade com propensão a sonhar acordado e fantasiar. O aspecto com Plutão ativa uma poderosa energia de evolução espiritual, não sem antes colocar por terra tudo que impede nossa harmonia  e consciência. Tempos de rupturas necessárias e transformações nas famílias, sociedades, nações e política mundial.
   Nestes dias os exageros e arroubos emocionais estarão no ar. Devemos buscar ter atitudes equilibradas como nos aponta Marte em Libra, evitando conflitos desnecessários que podem ser muito violentos e irreversíveis, tanto nas relações pessoais como nas sociais. Período de difícil entendimentos onde mágoas ou nacionalismo exacerbado podem ser o estopim para guerras, violências e separações.

   Características de quem tem Sol em CâncerSensível, introspectivo, complexo, sentimental, maternal, sensitivo, retraído, dificuldade de se libertar da figura materna, estabilidade adquirida pelos sentimentos, enfrentam indiretamente o inimigo, cíclicos, gostam de coisas antigas, recordações, antiguidades, procriação, intuição, libertação através da carreira, imaginação, gostam de colecionar bichos de pelúcia, tem contato com sua criança interior. Quando feridos podem se auto-sabotar, às vezes inseguros diante de suas reais possibilidades, perseverantes, gostam de crianças. Costumam ter boa memória, gostam de plantas e animais e o contato com a floresta refaz suas energias, muito ligados a família, às raízes, aos ancestrais, o sexo pode ter um caráter lúdico que propriamente físico, procuram no companheiro camaradagem, a Grande Mãe.

quinta-feira, 12 de junho de 2014

O Ascendente

                                O Ascendente

   Signo é a relação existente entre o nome das coisas e as coisas em si, são instrumentos de representação e comunicação. Os signos astrológicos são 12 divisões de 30º do zodíaco, também 12 são as casas da carta natal.

   Cada um possui o seu oposto complementar que chamamos de eixos: Áries/Libra(eu e o outro) e Câncer/Capricórnio (vida privada e vida pública), os quatro compõem a cruz cardinal que aponta para a energia de começo de cada elemento.Touro/Escorpião (meu material e o material do outro) e Leão/Aquário (identidade e coletividade) são da cruz fixa, energia de estabilização e fixação. Gêmeos/Sagitário (pensamentos e filosofia) e Virgem/Peixes (cotidiano e transcendência) da cruz mutável, flexibilidade e evolução.
   A carta astrológica parte do horário de nascimento que marca o Ascendente, partindo dele temos todas as outras 12 casas, setores da vida que são abordados a partir de um determinado grau do signo. Isto significa que todos têm os 12 signos, deverão ser desenvolvidos a partir de algum setor das nossas vidas. São determinantes as condições sociais, econômicas, ambientais e familiares de cada um.
    Os signos se dividem pelos quatro elementos: Fogo (ação), Terra (matéria), Ar (pensamento) e Água (emoção). Áries, Leão e Sagitário são do Fogo, Touro, Virgem e Capricórnio da Terra, Gêmeos, Libra e Aquário do Ar, Câncer, Escorpião e Peixes são signos da Água. Esta divisão nos inicia na interpretação de cada signo.

   O Ascendente é a imagem que passamos para o mundo, caminho do espírito, o Sol, cenário da nossa passagem neste plano. O signo que temos aí é como o mundo nos vê e como contamos nossa história, oposto temos o signo da casa VII, descendente, que é o que vivenciamos através dos relacionamentos, projetamos até incorporá-lo a nossa experiência. Estar em harmonia com estes arquétipos é o começo para ficar em paz, com o que somos e com o que representamos. Ele nos diferencia dos demais que possuem o mesmo signo solar.
   No Ascendente começa a compreensão da nossa experiência única, o caminho que traçamos, da o colorido que temos e por qual cenário desenvolvemos nossa existência.

Ascendente em Áries - Basicamente agitado, a sua abordagem do mundo é mais direta do que diplomática. Bastante extrovertido e cabeçudo, você tem pouco ou nenhum medo físico; na verdade, tende a irritar os outros com sua agressividade. É corajoso e dinâmico, luta pelo que crê quando necessário, mas prefere usar o espírito. Em geral, tem iniciativa para começar as coisas sozinhos, mas tem dificuldade em terminar o que começa, porque se aborrece facilmente e parte para outra coisa. Precisa aprender a cultivar a arte da perseverança. Se Marte estiver num signo passivo, como Peixes, seu jeito é mais suave e você pode ser moderadamente agressivo, menos impulsivo, mais compreensivo e mais sensível. Não deixe de combinar a posição de Marte.
Ascendente em Touro - Sua natureza é calma e pacífica, a menos que Marte ou Urano ocupem a primeira Casa. A despeito do signo do seu Sol ou do posicionamento de Vênus, você sempre precisa de tempo para aprender e tempo para absorver as impressões; entretanto, depois que aprende você raramente esquece. E cuidadoso nas avaliações que faz, não gosta de gastar dinheiro nem de tirar conclusões apressadas. Se Vênus estiver num signo auto-indulgente (Leão, Libra, Touro ou Sagitário), é possível que você se exceda nos prazeres físicos ou materiais, ou abra caminho para a preguiça e a inércia. Touro busca valores; algum dia você descobre um verdadeiro propósito na vida e vai ao seu encalço com tenacidade e firmeza. Tanto os homens quanto as mulheres gostam de se enfeitar e se sentem atraídos por jóias finas.
Ascendente em Gêmeos - Você é flexível como uma corda de violino, mutável como o tempo, hoje está aqui, amanhã já se foi. Entretanto, se Mercúrio estiver num signo fixo, essa tendência é consideravelmente moderada. Seu senso prático é muito bem desenvolvido; a sua mutabilidade se deve ao fato de você repensar os assuntos, às vezes com mais sensatez. Você pode obter o melhor dos outros através da dedução rápida. Dificilmente é rude ou grosseiro; é versátil mas precisa aprender a se concentrar e a não agir aos borbotões. Com um Mercúrio bem aspectado, você tem destreza e o dom da imitação. Pode falar sem parar; quando dá uma aplicação prática às suas mais que consideráveis capacidades, pode ser um talentoso escritor ou contador de histórias.
Ascendente em Câncer - Você tem uma forte ligação com o lar e com sua mãe, principalmente se a Lua estiver numa Casa angular. Você dá importância ao patriotismo e à tradição; adora lembrar e remoer o passado. Tem uma boa imaginação, mas a forma de desenvolvimento depende da posição e dos aspectos da Lua. Você é basicamente tímido e precisa de amor e estímulo para florescer. Esquiva-se de tudo que é desagradável por causa de sua insegurança inata. Seu comportamento é amável e charmoso, mas você se recolhe à sua concha quando se sente atingido por coisas desagradáveis. Sofre muito a influência do meio por causa de sua sensibilidade.
Ascendente em Leão -  Você tem uma personalidade forte e consegue dominar os outros com facilidade, principalmente se o Sol for angular ou estiver firmemente colocado. Você é honesto, franco, romântico e idealista, porém, se ainda não aprendeu a lição da generosidade, pode ser egoísta, voluntarioso e indisciplinado. E naturalmente vaidoso, egocêntrico e orgulhoso, sabe se apresentar bem e, como gosta de aplauso, muitas vezes é atraído para o teatro. Se o Sol estiver num signo yin, é possível que você oscile entre o exibicionismo e a modéstia; os outros nunca sabem com certeza com quem estão lidando.
Ascendente em Virgem - Você tem senso comum e iniciativa; é ordeiro e organizado, mas tende a perdei tempo com supérfluos. Tem o dom da juventude eterna, assim como a capacidade de conhecer as fraquezas dos outros e capitalizar esse conhecimento. Em geral você usa de diplomacia e tato para fazer isso; muitas vezes os outros não percebem que você possui esse talento. Com aspectos desafiadores a Mercúrio, você pode se tomar demasiado crítico e ficar procurando defeitos nos outros. Pode sair-se bem como analista, comediante ou escritor, a sua mente incisiva é capaz de detectar o que molda a personalidade dos outros e o que os distingue, principalmente se Mercúrio estiver bem aspectado.
Ascendente em Libra - Diplomático e amante da paz, você tem talento para a conciliação e para desenvolver relacionamentos com os outros. Para se realizar de fato, precisa de companhia. É capaz de ver os dois lados de uma questão e tem dificuldade em tomar partido; assim, você parece ser indeciso. É charmoso e geralmente tem boa aparência; gosta de ser apreciado e sempre tenta equilibrar tudo mental e emocionalmente, mas é raro conseguir, a não ser que Vênus esteja bem colocada. Pode ter problemas de peso depois da meia idade.
Ascendente em Escorpião - Não é fácil conhecer você, pois muita coisa fica oculta debaixo da superfície. Muitas vezes você exibe um semblante muito plácido, enquanto por dentro é, na realidade, um ser humano complicado, com muito mais sensibilidade do que exibe. Você tem muita força e reserva, impõe respeito aos outros e tende a ver até o fundo das coisas, principalmente se Marte e Plutão estiverem bem aspectados. Entretanto, precisam vigiar constantemente o seu sarcasmo, que pode afastar os outros de você.
Ascendente em Sagitário - A sua palavra-chave é liberdade, de pensamento, de palavra e de ação. Jovial, amistoso e otimista, provavelmente você foi muito inquieto no começo da vida, principalmente se tem Júpiter num signo mutável ou com aspectos desafiadores. Intuitivo e idealista, na maturidade, você muitas vezes passa a se interessar por horizontes intelectuais, e aí se estabiliza. Generoso e corajoso, bastante falante e excitável, com uma risada que chama a atenção, você é o tipo de pessoa que raramente passa despercebida numa multidão.
Ascendente em Capricórnio - Você está sujeito a ter uma saúde delicada na infância, que melhora com a ajuda de Saturno, à medida que os anos passam. É um trabalhador esforçado e muito ambicioso, para você, é importante conseguir realizações no nível material e se provar. Seus esforços precisam ter resultados tangíveis. Majestoso, paciente e persistente, pode ser que você seja muito parcial, disciplinado quase em demasia, levando tudo muito a sério; assim, aparenta ser reservado e frio. A infância pode ser uma época difícil; parece que você nunca é realmente jovem, nunca é o adolescente risonho. Entretanto, em contrapartida, a idade lhe cai bem e na maturidade você parece mais jovem que é.
Ascendente em Aquário - Você aparenta ser bastante autoconfiante e, principalmente quando amadurece, exibe um ar de “se você gosta de mim, tudo bem, se não gosta, tudo bem também”. Mas isso não é exatamente verdadeiro. Você gosta de ser diferente e até se orgulha do seu individualismo, mas ser apreciado é tão importante para você como é para os outros. Com Urano proeminente posicionado, pode ser que você seja um rebelde, mas sempre com uma causa, a sua causa. Você é bastante obstinado, a não ser que Urano esteja num signo mutável. Tem suficiente magnetismo pessoal para atrair os outros, que muitas vezes desculpam comportamentos seus que não tolerariam em outras pessoas. Se Saturno for muito forte no seu horóscopo, pode ser que você siga algumas tradições, se Urano for mais forte que Saturno, você faz o possível para mudar o status quo. E importante que você faça algum tipo de exercício físico diariamente, pois tem propensão a ter uma circulação um tanto deficiente.
Ascendente em Peixes - Pode ser que sua energia física não seja das maiores, a menos que Marte seja forte no seu mapa. Peixes é um signo duplo, e existem dois tipos diferentes. O primeiro é o realizador e servidor, que extrai energia de fontes mais elevadas e tem boa intuição, que faz seu trabalho tranquilamente de forma compassiva e distanciada. O outro tipo é o que flutua e sonha, não pode encarar o fracasso e, dessa forma não tenta ter sucesso. Desanima com facilidade e não é muito prático, às vezes é distraído. A música desempenha um importante papel na vida dos dois tipos, alivia a depressão. Os dois tipos reagem à vida com muita emoção.  

sábado, 7 de junho de 2014

Mercúrio em Câncer

                   Mercúrio em Câncer

   Mercúrio o planeta da mente racional e das comunicações reingressa em Câncer/Caranguejo no dia 13 de junho. O primeiro ingresso foi em 29 de maio, iniciando movimento retrógrado a 03° de Câncer em 07 de junho, retorna a Gêmeos no dia 17 de junho de onde retoma o movimento direto aos 24° de Gêmeos em 01 de julho, reingressando em Câncer a 13 de julho onde permanece até 12 de agosto quando entra em Leão.
  No mapa astral, Mercúrio indica como processamos as informações que recebemos, revela o funcionamento do nosso raciocínio concreto e capacidade de codificar e decodificar as experiências. Através desse planeta identificamos o abstrato, no  signo que se encontra aponta a forma como aprendemos. Ele é o principal ponto de referência sobre a capacidade intelectual.
    Mercúrio nunca fica a mais de 28° graus de distância do Sol, por isto nunca aparece no céu à noite, só se apresentando de forma visível um pouco depois do pôr do sol e um pouco antes do amanhecer. Quando posicionado no mesmo signo que o Sol, ele vai reforçar ainda mais a expressão daquele signo.    No mapa natal podemos encontrá-lo dois signos a frente, dois atrás ou no mesmo signo do Sol. Com o Sol em Gêmeos Mercúrio estará em Áries/Carneiro, Touro, Gêmeos, Câncer/Caranguejo ou Leão.
Mercúrio nos quatro primeiros signos aspira preparar seu equipamento e aprender a utilizá-lo. Em Áries ele se apossa de sua mente e procura submetê-la, aprendendo o controle mental. Em Touro, “a mãe da iluminação” ele recebe o primeiro lampejo daquela luz espiritual cujo brilho aumentará progressivamente à medida que ele se aproxima de sua meta. Em Gêmeos ele não só se apercebe dos dois lados de sua natureza, como o aspecto imortal começa a crescer às custas do mortal. Agora, em Câncer/Caranguejo ele tem seu primeiro contato com aquele sentido mais universal que é o aspecto superior da consciência de massa. Equipado com uma mente controlada, com capacidade para registrar a iluminação, habilidade para estabelecer contato com o seu aspecto imortal e reconhecer intuitivamente o reino do espírito, ele está pronto para o trabalho maior.
   Mente e comunicação sensível, introspectiva, complexa, sentimental, maternal, sensitiva, retraída, com dificuldade de se libertar da figura materna, instabilidade emocional, seu maior inimigo são as emoções e a carência, podem perder o foco sob estresse, cíclicos, gostam de coisas antigas, recordações, antiguidades, enorme intuição, podem se libertar através da carreira, imaginação, gostam de colecionar e tem contato com a criança interior. Quando contrariados podem se autossabotar, às vezes inseguros diante de suas reais possibilidade. Costumam ter boa memória, gostam de plantas e animais e o contato com a floresta refaz suas energias, muito ligados a família, às raízes e aos ancestrais. Inteligência de caráter lúdico mais que propriamente racional, se comunicam de forma empática e procuram nos companheiros camaradagem. São muito queridos pelos amigos.
   Neste ciclo fará conjunção com Júpiter e quadratura com Marte, Urano e Plutão, trígono com Netuno e Quíron.
  Como Mercúrio influencia os transportes e as comunicações podemos ter graves problemas nos transportes, já estão acontecendo e devem se agravar ao longo do trânsito. Acidentes graves e problemas nas telecomunicações, com eletricidade e maior incidência de acidentes aéreos.
O aspecto de Mercúrio e Plutão intensifica as convulsões sociais, descoberta de fatos a muito escondidos e escândalos de estados e famílias.
   O trígono com Netuno e Quíron potencializa experiências mediúnicas, inspiração, crianção artística e curas emocionais através de práticas alternativas, medicina oriental e vivências espirituais. Mercúrio e Netuno estarão influenciando em nossa imaginação e nos deixando muito criativos. No entanto, tenderemos a distorcer a realidade com propensão a sonhar acordado ou fantasiar.
   Nestes dias os exageros e arroubos emocionais estarão no ar. Devemos buscar ter atitudes equilibradas como nos aponta Marte em Libra, evitando conflitos desnecessários que podem ser muito violentos e irreversíveis, tanto nas relações pessoais como nas sociais. Período de difícil entendimentos onde mágoas ou nacionalismo exacerbado podem ser o estopim para guerras, violências e separações.