Translate

segunda-feira, 17 de março de 2014

Mercúrio em Peixes

                    Mercúrio em Peixes
   De 17 de março até 07 de Abril de 2014 Mercúrio em Peixes, onde terá a companhia de Netuno e Quíron. Fará aspecto harmônico com Plutão em Capricórnio o que pode nos apoiar na adequação da nossa mente racional aos novos formatos que a destruição do velho, que Plutão vem orquestrando, através da experiência e valorização da intuição, mediunidade, inspiração e contato com os nossos sentimentos e sonhos. Delicadeza, harmonia e uma boa dose de disciplina e atenção são necessidades a serem contempladas com este Mercúrio transcendente e espiritual.
   Mercúrio ou Hermes, filho de Júpiter e mensageiro dos Deuses, é relacionando as vendas, lucro e ao comércio. Associado aos ladrões, viajantes e a personificação da inteligência e da eloquência.
  Vários elementos científicos levam seu nome, o planeta e o elemento químico são uns deles. A palavra mercurial é usada a tudo o que é instável, volátil e errático.

   Na astrologia é um dos planetas pessoais: Mercúrio, Vênus e Marte. Planeta mais próximo da Terra faz a ligação entre o Sol /Espírito e a Lua/Emoção, é a mente analítica, forma como pensamos e falamos, rege Gêmeos e Virgem.
   Em Gêmeos se manifesta através da comunicação, versatilidade, oratória e do pensamento rápido, como as asas que tem no capacete.
  Em Virgem é a capacidade analítica, atenção, percepção sensorial e racionalidade, como as asas que tem nos pés.
  Quando Mercúrio se encontra nos signos do Fogo -Áries, Leão e Sagitário- é um pensador instintivo e impulsivo, quando está na Terra – Touro, Virgem e Capricórnio – é prático e intuitivo, no elemento Ar – Gêmeos,Libra e Aquário – é uma mente rápida, desapegada e racional, na Água – Câncer, Escorpião e Peixes – são as mentes emocionais, mediúnicas e profundas.
   Quem tem Mercúrio em Peixes é um sonhador inspirado e mediúnico. Seu intelecto é intuitivo e possui uma inteligência que transita pelas várias dimensões. Precisa de tranquilidade e de um ambiente harmônico para desenvolver suas potencialidades, caso contrário entra em conflito e fuga da realidade. Pode defender seus pontos de vista com grande eloquência como também se fechar no seu mundo particular e viver no mundo idealizado por sua potente imaginação.  Compositores, musicistas, escritores, cientistas, grandes espiritualistas e artistas em geral nascem com Mercúrio em Peixes.
   Em tempos de Mercúrio e Netuno em Peixes devemos usar mais a intuição e a sensibilidade. A inspiração está no ar e podemos criar muito, desde que tenhamos cautela e cuidado com as divagações e ilusões. Precisamos ser mais tolerantes e manter a mente aberta, equilibrar a sensibilidade, agir harmonizando pensamento e sentimento pode ser a grande conquista deste ciclo.
  Somos o que pensamos e Mercúrio é a ferramenta que usamos no desenvolvimento do nosso intelecto, na comunicação dos nossos pensamentos, na integração verbal com o nosso meio e no processamento das informações que chegam até nós, elabora e projeta nossa mente, o que é fundamental e pode definir todo o enredo da nossa passagem pela vida terrena.

   Período muito propício para seguirmos a nossa intuição, ouvir o nosso coração e confiar nos resultados. Podemos cumprir este ciclo com um saldo positivo na nossa autoconfiança, capacidade de ver além do óbvio e do que chamamos de realidade.
   Mercúrio, Netuno e Quíron em Peixes dilui formas pensamento negativas que atrapalham nosso desenvolvimento espiritual e material, gerando doenças, medos, dificuldades de aprendizado e fugas através das drogas ou falsos mestres. Período que devemos conviver com o que há além da matéria, a energia que a compõe e a percepção dela.
   Práticas como a meditação devem contribuir muito, aliada ao desenvolvimento de ciências como a física quântica deve ser de grande utilidade neste ciclo, contribuindo com a evolução da nossa mente e possibilitar a passagem por portais evolutivos para a humanidade.
   O negativo deste Mercúrio vem das mentes arraigadas e excludentes, que podem gerar desequilíbrio e até um maior número de surtos psicóticos.
   As comunicações devem ser afetadas e devemos dedicar um tempo maior no seu planejamento e trabalhar com uma margem de erro maior. Encomendas e documentos podem se extraviar e serem mal interpretados gerando conflitos desnecessários.
   Período muito delicado para a política global, não se consegue fechar acordos, mas podem desenvolver alternativas, evoluir as relações humanas, a diplomacia e encontrar novas saidas para velhas questões.