Translate

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Pensando o Céu de 2014

                     Pensando o Céu de 2014

   Pensando o primeiro dia de 2014 me deparo com a Lua Nova fazendo parte de um poderoso Stellium (três ou mais planetas em um signo) em Capricórnio.
   A senhora de todos os começos em conjunção com Plutão, o senhor das mudanças inexoráveis, onde ele toca não deixa nada como encontra, explode, implode...muda.
   2014 será o ano da concretização do que vem sendo encaminhado desde 2008, quando o senhor das forças inconscientes entrou em Capricórnio.
   Se pensarmos Capricórnio como o arquétipo das estruturas sociais, da solidez, dos limites da vida terrena, do nosso corpo físico (pele, cabelos, articulações e esqueleto) veremos as mudanças que vem acontecendo no mundo a nossa volta, econômicas, políticas, sociais e também na nossa saúde física e emocional. Saturno regente de Capricórnio, em trânsito por Escorpião, indicando pressões limítrofes no nosso psicológico, nos proporcionando através da dor atitudes que nos levarão a cura, a evolução através dos obstáculos superados e a necessidade da aceitação das nossas falhas e dificuldades, tão necessárias para a nossa saúde mental e física. Enfrentar para evoluir, transcender e harmonizar.
   Netuno em Peixes, sextil com Capricórnio, nos aponta um portal de passagem para todas estas energias densas que carregamos nas nossas crenças, cultura e sistemas da nossa civilização. Devemos nos ater do perigo em delegar para os que se denominam mestres, mas que na realidade são seres perturbados ou oportunistas, buscar a nossa sabedoria interior para encontrar nosso caminho individual, compartilhar e aceitar as escolhas e os tempos dos outros.
   O que buscamos é paz, mas somos seres que vivem coletivamente, o que acontece para um se reflete no conjunto, e é isto que devemos aprender definitivamente, princípio de todas as mudanças que são necessárias para que tenhamos um 2014 produtivo, rentável e com resultados duráveis, energias que são prioritárias em Capricórnio.
   A universalização da informação trouxe a possibilidade do acesso ao conhecimento para todos, ainda não temos a excelência, mas ela deve acontecer de forma gradativa.
Viveremos até a metade do ano, de forma intensa, a Grande Cruz Cardinal entre Plutão em Capricórnio, Urano em Áries/Carneiro, Júpiter em Câncer/Caranguejo e Marte em Libra, enfatizando as tensões sociais, nos relacionamentos e no nosso dia a dia, brigas e violência.
   Marte em Libra, o grande ativador desta grande quadratura, nos lembra que este planeta que representa o masculino, a agressividade e a guerra, se encontra em detrimento em Libra, energias conflitantes e complementares, o que nos faz pensar nas nossas atitudes e impulsos, pois devemos pagar altos preços por ações impensadas, agressivas e compulsivas. Urano em Áries em oposição ao Marte em Libra pode indicar graves acidentes, mortes prematuras e rompimentos trágicos, catástrofes que poderiam ser evitadas através de atitudes diplomáticas e o exercício do bom senso, bom humor e tolerância.
   Marte em Libra pode indicar muitas dúvidas e dificuldade para definirmos, mas podemos aproveitar esta energia para desenvolver o autocontrole, ter calma e pensar bastante antes de tomar qualquer atitude, pode ser irreversível e causar sofrimento para nós e para todos envolvidos.
   Marte em quadratura com Júpiter em Câncer/Caranguejo indica tensão entre as ações e as emoções, sendo Júpiter a expansão, a sorte e a fartura, podemos optar por seguir o caminho de Libra, do equilíbrio, bom senso, harmonização e justiça para alcançar nossos objetivos de construção e realizações neste ano que inicia sobre a vibração da Lua Nova a 10° de Capricórnio, a mais perto de Plutão que está a 11° de Capricórnio, nos últimos tempos. Fase que inicia também na companhia do Sol, Mercúrio e Vênus também no décimo signo do zodíaco, potencializando clareza, objetividade, valorização da vida terrena e das coisas duráveis, do legado que vamos deixar as próximas gerações.
   Netuno e Quíron em Peixes, guardiões do portal da passagem da humanidade para a Nova Era, provocam a sublimação das energias que não se fazem necessárias para o novo ciclo, cicatrizando feridas abertas por elas na sociedade e de forma individual, nos possibilitando curar doenças físicas e emocionais através do Amor, da Gratidão e do exercício do desapêgo.
   A Lilith em Câncer e o Nodo Norte e Saturno em Escorpião nos indicam que o foco é a transformação profunda da vibração do nosso planeta, que o instrumento é a poderosa força mágica dos nossos sentimentos projetados para o bem comum, a família humana, arrastando todo e qualquer obstáculo, arrebanhando aliados e unindo forças neste ano de definições e construção de novas estruturas físicas, emocionais e mentais.
   A Grande Cruz Cardinal é formada por Áries/Fogo/Começo, Câncer/Água/Integração, Libra/Ar/Interação e Capricórnio/Terra/Estrutura. Não esquecendo que Marte em Libra é ação equilibrada, escolha pela beleza, a arte e a busca ativa pela harmonia, no outro e com o outro, dando início a Era de Aquário, do indivíduo profundamente consciente da coletividade, da fraternidade e da sua natureza única e fundamental.