Translate

domingo, 6 de outubro de 2013

Vênus em Sagitário

                         Vênus em Sagitário

   Vênus/Afrodite Deusa do Amor, do romance, dos relacionamentos, da diplomacia e do refinamento, estará em Sagitário de 07 de outubro a 05 de dezembro de 2013. Em Sagitário a Vênus exalta a busca por conhecimento e sabedoria.
   Na mitologia grega, Vênus é Afrodite, deusa do amor, a quem são atribuídas duas diferentes tradições, a primeira conta que ela é filha de Urano e das ondas do mar, quando Urano teve os órgãos genitais cortados e atirados ao mar por Cronos/Saturno, e a deusa foi gerada e nasceu nas espumas do esperma do deus.
   A outra conta que Afrodite é filha de Zeus e de Dioneia. Platão, o filósofo, imaginou a existência de duas Afrodites diferentes, uma nascida de Urano, o céu, é a Afrodite Urânia, deusa do amor puro, a outra, filha de Dioneia, chamada Afrodite Pandêmia, Afrodite popular, deusa do amor carnal ou vulgar.
   Segundo Dane Rudhyar cada signo é uma reação ao signo anterior. No caso da Vênus em Sagitário temos uma explosão das sensações, franqueza de intenções e enorme dramaticidade, tudo no superlativo tal qual este signo que é o arquétipo da evolução, conhecimento e das leis que regulam a vida na Terra, regido por Júpiter/Zeus, Senhor do Monte Olimpo e de todos os espaços.
   Quem tem Vênus em Sagitário pode ser de uma sinceridade desconcertante, extremamente idealista e grande gosto por viagens, principalmente ao estrangeiro, o que muitas vezes os leva a casamentos com pessoas de outras culturas. Possuem gosto clássico, religioso e a grandiosidade das cerimônias rituais a atraem esteticamente. São atraídos pela suntuosidade e via de regra escolhem lugares amplos para viver. A filosofia, ética, religião e o direito são áreas em que podem atuar com grande desenvoltura.
   No amor são dramáticos e as mulheres são atraídas por homens galantes e românticos. Precisam de liberdade e exercer suas individualidades em todo o tipo de relacionamentos, amorosos, pessoais e profissionais. Podem ser grandes professores, pesquisadores, mestres, filósofos e palestrantes carismáticos e envolventes. O impulso desta Vênus de Fogo é o conhecimento, da descoberta de novos territórios. O seu amor pelo diferente e distante definem um comportamento de busca contínua, quase de frenesi. Mente livre, aberta, tolerante, mas também muito difícil para quem deseja estabelecer uma relação do tipo "tradicional". O risco de traições e perversões é alto, com um modo de vivê-los diferente, quase ingênuo e privado de sentimento de culpa. Busca relacionamentos fundamentados na liberdade e em comunhão na mesma filosofia de vida. Antes de unir-se de um modo duradouro é provável que tenha muitas experiências, porque é o conhecimento que esta Vênus procura. Não posso esquecer o idealismo exacerbado e o desejo de salvar o mundo, de ser um ponto de referência afetiva para com quem convive. Ensinar o amor é sua missão, assim como encorajar e sustentar todas as batalhas em prol da liberdade.
   Neste ciclo, em que a Vênus sai das sombras introspectivas, das paixões obsessivas e da seriedade densa de Saturno, em Escorpião, este ingresso do planeta do amor, das artes, dos valores, associado à idéia de prazer, de beleza e poder de atração, responsável por sensações e comportamentos, nos dá uma sensação de libertação e possibilidades infinitas.
   A vida volta a ser iluminados pela luz do dia, o amor e os desejos mais amenos e vamos buscar uma liberdade consciente e elevação coletiva das vibrações. Esta Vênus esta relacionada à sorte, ao sucesso e toda a espécie de benevolência. Júpiter, conhecido como o grande benéfico, regente de Sagitário, também o mestre espiritual e o amor universal pela sua co-regência de Peixes, indica para estes dias de Vênus em trânsito por Sagitário em quadratura com Netuno em Peixes, ampliação da capacidade de sonhar, traçar metas, evoluir nossa mentalidade e expandir a percepção, mesmo que se diga que o sonho acabou esta Vênus reafirma a fé na vida , nos estimula a ambicionar realização dos desejos, acessar outros níveis de consciência e de realidades paralelas, possíveis e improvavéis.