Translate

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Signos, Elementos e os Elementais

          Signos, Elementos e os Elementais

   Os Elementais são seres que habitam a Terra, na barreira entre o espírito e a matéria. Vivem na Natureza, junto dos seus elementos naturais, em reinos com organização própria. São estes seres que estão encarregues de zelar pela natureza e fazer com que ela viva em harmonia e equilíbrio.
   Apesar de estarem hierarquicamente abaixo dos Anjos, desempenham um papel importantíssimo para o bem-estar da humanidade, porque é através deles que a ordem se mantém. O nome Elemental significa “Espírito Divino”, são os espíritos da natureza.
   Por interferência dos Seres de Luz, o divino concedeu a três Reinos, paralelamente, a oportunidade de evolução, que são: Elemental, Angelical e Humano.
  A história nos conta sobre os seres Elementais, desde a mais remota antiguidade, todas culturas nos  legaram inúmeros relatos a respeito deles.
   No início, na Terra, os seres da natureza foram encarregados de cada elemento, cuidaram para que tudo fosse feito com exatidão e ordem:
- A Terra ainda numa massa de gases de matéria incandescente radioativa, coube aos Elementais do Fogo executar seu trabalho.
- Na época dos grandes ventos, os Elementais do Ar, zelaram pela evolução desses gases de modo a tornar o ambiente apto a receber formas de vida.
- Quando esses gases se precipitaram sobre a água, os Elementais da Água modificaram o aspecto denso desse líquido.
- Então, iniciou-se a solidificação, surgindo aos poucos os continentes que foram fertilizados pelos Elementais da Terra.
   Os Elementais são os dinamizadores das energias das formas e integram-se aos Elementos da Natureza: Terra, Ar, Fogo e Água.
   O elemento Terra é presidido pelos Gnomos, responsáveis pelos reinos animal, vegetal e mineral. Vivem nos bosques e florestas e cuidam das árvores, plantas e flores, dos animais e das rochas, cristais e pedras. Esse elemento e seus dinamizadores trabalham para que a humanidade tenha corpos perfeitos, e possam desenvolver suas atividades espirituais a nível cósmico. A ação qualificadora destes seres é representada por vulcões e terremotos. No nosso corpo, este elemento é representado pelos sais minerais.
   Livres da ganância nos aproximamos dos Seres da Terra. Trabalhando com a Terra temos: Gnomo, Duende, Dríade, Elfo, Pã, Curupira e Saci.
Dirigentes do Elemento Terra: Pelleur e Virgo.
   O elemento Ar é presidido pelos Silfos que são os Elementais mais parecidos com os Anjos, trabalhando muitas vezes em parceria com eles. Governam a força criadora do ar, o vento, as brisas e a temperatura atmosférica. São dos seres mais indispensáveis na Natureza, porque sem a sua intercepção, nenhum ser vivo sobreviveria. Uma das espécies de Silfos mais conhecidas são as Fadas, que embora pertençam a esta categoria, são espiritualmente mais desenvolvidas. Esse elemento e seus dinamizadores são de extrema importância para a manutenção da vida no plano físico, sem o Ar, o ser humano não pode sobreviver. A atividade benéfica dos Seres do Ar é sentida na brisa, no impulso dos barcos, navios e aviões. Sua atividade qualificadora está nos furacões, ciclones, tempestades. No corpo do homem o ar está na respiração, no alento divino.
   Com a constância, o homem aproxima-se dos seres do Ar. Trabalhando com o Ar temos: Silfo, Sílfide, Íris (Grécia), Indra (Índia), Bórea (Grécia).
Dirigentes do Elemento Ar: Thor e Áries
   O elemento Fogo é presidido pelas Salamandras, que são responsáveis pela luz e calor. Através do fogo ajudam a limpar e harmonizar o ambiente e são responsáveis pela regeneração dos tecidos. Esse elemento, e todos os seres que habitam o mesmo, representam a maior força possível, uma vez que é a expressão do próprio Fogo Sagrado de onde provêm as várias chamas atuantes no universo. A ação qualificadora deste elemento provém das atividades vulcânicas e grandes queimadas. No corpo humano, esse elemento funciona através da temperatura, expressões emotivas e psíquicas.
   Dominando as paixões, o ser humano aproxima-se desses seres. Trabalhando com o Fogo temos: Salamandra, Njami (Sibéria), Ucha (Índia) Boitatá.
Dirigentes do Elemento Fogo: Hélios e Vesta.
   O elemento Água é presidido pelas Ondinas que habitam locais onde haja água, quer seja em fontes, nos rios, no mar ou na água da chuva. Protege o amor e tudo o que estiver ligado ao emocional. São estes Elementais que promovem o equilíbrio no reino aquático. Este elemento e os seres que fazem parte dele estão relacionados ao nosso corpo emocional, tendo a função de depurá-lo. No plano físico, são grandes agentes de purificação da atmosfera e principalmente na agricultura. Sua ação qualificadora é demonstrada em enchentes, maremotos etc. No corpo humano, o elemento líquido representa 70% do seu volume.
   Livres das fraquezas, através da firmeza, nos aproximaram dos Seres da Água.
Trabalhando com a água temos: Ondina, Nereida, Sereia, Naiade (Grécia), Uiara, Mãe D’água.
Dirigentes do Elemento Água: Netuno e Lunara
   Além dos quatro elementos, perceptível para todos os seres vivos existe ainda um quinto elemento, chamado Éter, que corresponde a um meio sutil, que praticamente ninguém conhece. Etimologicamente, a palavra Éter deriva do grego aithér, e designa um espaço etéreo que envolve a atmosfera terrestre. Este reino é o responsável por todas as coisas belas, subtis e imperceptíveis que povoam a vida das pessoas e sobre as quais não há explicação. Os seres Elementais são constituídos pelo elemento Éter e por isso, pode-se dizer que está presente em todos os elementos da Natureza.
   Os materialistas não acreditam na existência dos Seres da Natureza alegando não serem visíveis. A invisibilidade desses seres é explicada pelo fato de serem formas etéreas, habitantes de planos energéticos com múltiplas graduações, não perceptíveis aos olhos humanos.
   Observações mostram que os Elementais usam duas formas distintas: corpo astral permanente e um veículo etéreo materializado temporariamente. As ações resultantes do seu trabalho, sim, são visíveis. Como na Comunidade de Findhorn, Escócia, local totalmente imprópria para a agricultura, fez surgir, com sua orientação, flores, verduras, árvores frutíferas etc. Na ocasião, 1962, este fato chamou atenção das autoridades governamentais do país, que mandaram examinar o local. Nos exames foi constatada ausência de qualquer ingrediente químico, e que a terra havia sido enriquecida de forma natural e inteligente.
- Signos da Terra – Touro, Virgem e Capricórnio – Elemental: Gnomo
Tem que encarar o desafio de enfrentar os estímulos energéticos do mundo ao redor.
É importante revigorar a conexão com a energia do Gnomo pessoal andando descalço no barro ou grama. Passar algum tempo junto a plantas e árvores.
- Signos do Ar – Gêmeos, Libra e Aquário – Elemental: Silfo
Nestes predomina a ordem mental e o envolvimento social. Para recarregar o elemento primordial e fortalecer o Silfo pessoal, precisam de ar puro e eletricamente carregado.
Topo de montanha, locais afastados das pessoas, onde o ar é seco e vivificante, é muito bom para recarregar.
- Signos do Fogo – Áries, Leão e Sagitário – Elemental: Salamandras
Necessitam de muito sol e atividades vigorosas para realimentar seus veículos. Devem passar bastante tempo ao ar livre. Lugares onde o sol brilha com força e intensidade são essenciais a sua saúde e ligação com a Salamandra pessoal, bem como com os demais elementos.
- Signos da Água – Câncer, Escorpião e Peixes – Elemental: Ondinas
Nestes predomina o intenso envolvimento emocional. Necessitam da proximidade com a água. A imersão total é o ideal, pois fortalece a Ondina pessoal, uma vez que a água é sua força de equilíbrio.
   Estes seres cuidam da proteção energética de Planetas, Sistemas, Universos e Galáxias, são encarregados também da recepção dos apelos dos seres humanos, energizando-os e elevando-os. Interagindo com os Elementais na evolução do Planeta Terra somos co-criadores universais.

Para aprimorar a compreensão deste texto, aconselho a leitura dos posts: 

Sol em Gêmos, Silfos, Fadas e Paganismo-http://migre.me/f8Nh6
Astrologia e o Pensamento Simbólico-http://migre.me/f8N9n