Translate

terça-feira, 11 de junho de 2013

Lillith, Lua Negra nas Casas do Mapa Natal

                Lilith, Lua Negra nas Casas do Mapa Natal

De acordo com diversos estudos a Lilith pode corresponder na carta astrológica aos seguintes elementos:
1. Ponto de frustração – A casa ou signo onde ela se encontra corresponderia a área de experiência, casa ou arquétipo, signo, em relação a qual o indivíduo viveria com um sentimento inexplicável e constante de expectativa e insatisfação, mesmo que a experiência simbolizada por aquela casa ou signo esteja sendo realizada satisfatoriamente.
2. Fator de inversão – As experiências representadas pelo signo ou casa poderiam acontecer de maneira inversa ao esperado, reforçando a frustração e a insatisfação quanto àquela experiência.
3. Canal de contato com outras dimensões – Diferentemente de Netuno, que representa o canal de acesso ao inconsciente coletivo, a Lilith representaria um ponto de acesso ao “inconsciente do inconsciente coletivo”. Pode simbolizar também qualidades mediúnicas poderosas.
4. Mecanismo de evasão ou recepção de energia vital – Pela manifestação da Lilith através da configuração astrológica da qual participa, casa, signo e aspectos, o indivíduo pode liberar sem intenção grande quantidade de energia vital, esvaindo-se, muitas vezes, completamente. Da mesma forma ele pode absorver essa mesma vitalidade de outras pessoas.
5. Ponto de acumulação das energias não utilizadas – A experiência existencial e os princípios astrológicos dizem que a natureza oferece as oportunidades e ferramentas para que o indivíduo se realize e cumpra o seu projeto. Quando ele não aproveita essas oportunidades por qualquer motivo, a energia disponível e não usada se transforma numa espécie de lastro, o qual se incorpora ao sujeito, incomodando e atrasando a sua realização. É mais um fator frustrante, é tudo aquilo que deixamos de fazer e que deveríamos ter feito.
6. Conteúdos infantis não elaborados – A Lua representa no mapa natal os conteúdos primários instintivos, inclusive a experiência existencial da infância. A Lua Negra representaria as experiências infantis não vividas. Isso possibilita manifestações e reações bastante infantis onde ela se encontra, geralmente de forma compulsiva e exagerada.
7. Ponto de carisma – As configurações das quais a Lilith participa no mapa são muitas vezes caracterizadas por um forte magnetismo ou carisma, especialmente quando o indivíduo atua harmoniosamente nas questões envolvidas. Talvez esse fenômeno esteja relacionado com o tipo de acesso a libido.
Existem inúmeras outras conjecturas relativas ao papel astrológico da Lilith, mas as citadas anteriormente são as mais facilmente observáveis no cotidiano de cada um de nós. São meros pontos de partida para um estudo mais aprofundado, para novas descobertas, a questão está em aberto a quem estiver disposta a encará-la.
Referências ao modelo cármico atribuídas a Lilith por alguns estudiosos, exigem um trabalho mais extenso e especializado, além de ser pouco funcional, estacionando na maioria das vezes no campo da especulação metafísica.
Lilith em Áries ou na Casa I – Indivíduo em geral brilhante e carismático. Comportamento excêntrico, sem grande compromisso com regras ou padrões morais e sociais. Necessidade compulsiva de conquistar. Reação infantil diante de desejos não realizados. Sentimento freqüente de insatisfação consigo mesmo, com a própria vida, o que pode levar o indivíduo a lutar muito para superar essa sensação, e geralmente, a conquistar posições relevantes em seu grupo social. Tende a reagir agressiva ou obsessivamente diante da eventual necessidade de assumir papéis paternos.
Lilith em Touro ou na Casa II – As questões de valor são tratadas com relativa obsessão. Independentemente de estar em boa situação financeira, por exemplo, o indivíduo age como se precisasse de mais, muito mais. Está tão insatisfeito com o que possui, que muitas vezes não percebe seus próprios talentos ou qualidades notáveis. Quer o que não tem e tem o que não quer. Acumula coisas em excesso e se desfaz delas compulsivamente, renegando-as de certa forma.
Lilith em Gêmeos ou na Casa III – Avidez insaciável por conhecimento e informação, pode por outro lado, rejeitar as informações, não lendo jornais por exemplo. Eloqüência e agilidade mental. Tendência a falar coisas sobre as quais preferiria ter-se calado, a iniciar cursos que não pretende concluir e adquirir livros que não pretende ler.
Lilith em Câncer ou na Casa IV – Tendência a viver insatisfeita com a família, com a história pessoal, a educação e a formação que recebeu. É geralmente rigoroso e exigente no processo de formação de um lar, mas acaba concretizando algo que não corresponde as suas expectativas. Muitas vezes vive de casa em casa, de convivência em convivência, tentando realizar algum ideal oculto de vida familiar. Inclina-se a atribuir muitas de suas frustrações e derrotas aos seus pais ou familiares. Vida interior bastante intensa, com relativa facilidade de acesso a sua realidade mais profunda. Devoção apaixonada pelas crianças acompanhada de impaciência em aceita-las como realmente são. A Lillith em trânsito iniciou sua passagem por Câncer em 10/06/2013, onde permanece até 04/03/2014, trazendo a tona os assuntos mal resolvidos do arquétipo de Câncer, vida privada, família e origem. Primeira infância e bases da formação da vida, raiz, o que se trás, DNA. Herança do pai e final da vida. Como vemos nosso lar e desenvolvemos nossa segurança emocional. A casa onde temos Câncer no nosso Mapa Natal será a área que servirá de cenário para os acontecimentos relacionados a estas experiências. A Luz que trás a Sombra para a consciência e conseqüente evolução, superação e libertação.
Lilith em Leão ou na Casa V – Pode manifestar-se sob a forma de dramaticidade ou necessidade compulsiva de impor sua vontade sobre os demais. Pode também corresponder a uma grande dificuldade em sentir-se identificado com o que realmente é. Notável criatividade física e mental, acompanhada por um sentimento de insatisfação, o que faz com que o indivíduo se empenhe mais e mais em atividades criativas, ou em fazer filhos, simplesmente. Possibilidade de bloqueios nos mecanismos de prazer, desencadeando uma busca exaustiva ou então uma fuga de qualquer situação representativa da sensação de prazer.
Lilith em Virgem ou na Casa VI – A questão atingida é o trabalho e o método. Insatisfação com sua atividade quotidiana, mesmo quando esta lhe for adequada. Comportamento evasivo ou infantil no ambiente de trabalho. Geralmente muito preocupado com a saúde, procurando todo o tipo de terapia ou tratamento de que ouve falar, mesmo sabendo que não precisa, é só precaução, afirma. Rigor lógico e formal em suas atividades. É comum não gostar daquilo que faz e não fazer aquilo que gosta.
Lilith em Libra ou na Casa VII – É possível uma tendência a projetar suas frustrações e insatisfações nos associados em geral. Em uma relação afetiva, por exemplo, pode acontecer de cada vez que o companheiro exibir sua satisfação e bem estar, o indivíduo dar um jeito de bloquear e frustrar a alegria do outro. Pode desejar alguém inatingível, mas, se esse alguém tornar-se possível, descobrirá que não era bem isso que desejava. São pessoas que exigem muita paciência e compreensão de quem convive com elas. São suscetíveis, magoam-se facilmente e fazem questão de demonstrá-lo. Também podem ser infantis no seu convívio. Possui fascínio pelo lado oculto das coisas, o que pode conduzi-las ao estudo das ciências herméticas ou a relacionamentos com místicos, mágicos, gurus e até mesmo charlatães.
Lilith em Escorpião ou na Casa VIII – Confere uma atração excepcional para o ocultismo, particularmente pela magia, xamanismo, feitiçaria, pelas práticas, enfim, que se relacionam com mecanismos de poder ou de acesso a outros planos da existência. A pessoa tem uma razoável disponibilidade de poderes curativos e regeneradores, insatisfação com a condição material em que vive com inclinação a tornar-se dependente materialmente do companheiro. A necessidade de algum tipo de poder pode ser obsessiva e causar um comportamento tirânico ou até mesmo cruel com relação ao parceiro. Provável fascínio ou temor pela idéia da morte, física ou simbólica, o que pode levá-la a procurar conhecê-la pelo estudo da medicina ou do espiritismo.
Lilith em Sagitário ou na Casa IX – As eventuais dificuldades sugeridas pela presença da Lilith nesta área referem-se principalmente as viagens ao exterior e aos estudos superiores. Possível que o indivíduo veja frustradas suas expectativas de fazer uma grande viagem ou concluir um curso universitário. Mas o conhecimento obtido por caminhos informais é freqüente e as viagens incomuns, astrais, por efeito de drogas etc, podem compensar seu ideal de expansão. Existe uma forte inclinação para a busca filosófica sem fim. Essa posição da Lilith favorece o acesso a um significativo conhecimento das misteriosas leis que regem a vida, a natureza.
Lilith em Capricórnio ou na Casa X – Se, por um lado, pode haver uma expectativa frustrada de prestígio e status social, por outro, o indivíduo tende a empenhar-se com maior afinco para realizar esse tipo de ideal. É comum essa posição da Lilith determinar uma disposição para sustentar uma imagem muito elaborada para o mundo e outra completamente diferente na intimidade. Uma grande quantidade de energia é investida na manutenção dessas duas personalidades. Essas pessoas tendem a ser pais ou mães possessivos e controladores, mesmo que ajam com delicadeza e muito boas intenções. Não permitem intromissão em suas relações íntimas ou familiares, possuem um mundo secreto, em alguns casos por se envergonharem de seu passado ou de seu presente familiar.
Lilith em Aquário ou na Casa XI – Estes indivíduos tendem a mudar de grupo social com bastante freqüência. Sentem-se incompreendidos ou magoados com qualquer contrariedade advinda de seus amigos. São em geral críticos cáusticos dos mecanismos sociais de seu tempo. Preferem elaborar e alimentar a esperança de reequilibrar a sociedade a partir de um modelo pessoal. Podem ser idealistas românticos ou até mesmo rebeldes sem causa. Possuem grande perspicácia política e são compelidos interiormente a agir em benefício de seus semelhantes. Muitas vezes acabam mais atrapalhando do que melhorando a situação, pois podem apoiar-se em alguma inadequação interior ao interferir em algum processo. A amizade das crianças merece a sua mais verdadeira confiança, coisa difícil de acontecer com os adultos.
Lilith em Peixes ou na Casa XII – Buscam o mágico e o místico em todas as coisas e nunca estão satisfeitos com suas conquistas no plano espiritual. Alguns indivíduos com a Lilith nesta posição negam e renegam qualquer realidade mística, comportando-se de maneira obsessivamente racionalista. Alguns possuem inclinação hipocondríaca. São em geral bastante talentosos. O medo de expor-se e de ferir-se, ou uma forte inclinação para fazer-se de vítima, poderá levá-los a perder grandes oportunidades de realizar seus sonhos.



Fonte: Artigo de Valdenir Benedetti (1951-2009)