Translate

sábado, 11 de maio de 2013

Lillith e Lua Negra

                             Lilith e Lua Negra

   A Lilith é um ponto no mapa astral relacionado ao escuro do feminino, nome da primeira mulher de Adão. Lilith é o mito, a Lua Negra é anterior, mais abrangente e com cunho sexual muito forte. É um ponto que se encontra na sombra da Lua, que aponta para as emoções, sentimentos, origens, para a mãe e maternidade.
   O mito fala que quando o homem e a mulher foram criados era exatamente iguais, a mulher era musculosa, tinha pelos no corpo e da mesma estatura do homem, a única diferença eram os genitais. Ela gerava vida e o homem tinha prazer. A Lilith foi à mulher que se revoltou, quis ter prazer, ficar por cima na relação sexual.. Foi expulsa do paraíso e foi morar com os demônios, ao invés de um Adão ela tinha 20 demônios a serviço dela e com eles teve 7 filhas, as filhas da Lilith, todas que dizem não ao domínio e a submissão sexual. Para Adão não ficar só Deus criou Eva, a Lua Branca.
   A Lua Negra é o feminino que não lava não cozinha, transgride, tem todos os elementos da revolta do feminino. Começou a ser reintegrada na sociedade, nos anos 60, quando as mulheres queimaram os soutiens. É um ponto de revolta e de medo no mapa, tem um ciclo de oito anos e nove meses, 270 dias em cada signo. No mapa astral o grifo da Lilith é uma Lua Negra, o oposto daquele usado para a Lua real. Símbolo deste blog representa onde o Absoluto se manifesta dentro de nós, não temos controle, atravessa o ego, somos passivos e abrimos mão.
   Em trânsito a Lua Negra aponta onde nossos desejos estão frustrados, sensação de castração e impossibilidade, inibição em geral. Oportuniza o questionamento onde está passando, crenças, trabalho, nossa vida e rumo que tomamos. Dá-nos a oportunidade de abrir mão, fazer as mudanças que a vida vem nos pedindo, que temos dificuldade em atender por incapacidades psíquicas. Prepara a entrada do Mundo Transcendental e nos mantém firmes e confiantes, a Lua Negra cria o grande vazio que nos prepara para esta abertura.
   Nesta sua passagem por Touro estimulou o gosto pelo secreto, explodiram escândalos de cunho sexual e financeiros, estruturas administrativas totalitárias ruíram, por exemplo, a primavera árabe. As privações, a falta de acesso aos bens materiais e aos prazeres, da maioria, pressionou os modelos políticos, veio à tona toda a sordidez de enriquecimentos individuais e familiares, em detrimento do conjunto da população. Em Touro a Lilith bloqueou o possuir, acumulou desejos não realizados, que emergiram como uma força da natureza carregando tudo que veio pela frente e que impediu o continuísmo. Neste signo enfatizou o gosto pela vida, pelo prazer e pela boa comida. Emitiu o calor da sensualidade de um modo muito intenso.
   Quem tem Lua Negra em Touro precisa encarar os desejos, a ambição e a sexualidade que podem estar reprimidos e provocarem reações compulsivas e incontroláveis, precisa lidar com o possuir. Para todos nós representa o direito ao prazer, onde devemos ter para preservar a matéria e a vida.
   Dede 12/09/2012 a Lua Negra está em Gêmeos onde fica até 10/06/2013 trazendo o poder da palavra e a capacidade de transmitir calor na comunicação oral. Aponta a ambivalência, personalidades e vidas duplas, potencializa a curiosidade. Como no jogo de espelhos dos parques de diversão multiplica formas.
   Quem tem Lua Negra em Gêmeos no mapa natal pode na adolescência desenvolver mudez, inverte. O calor que absorveu da mãe é o calor das palavras, a mãe falando nos ouvidos, excesso de informação que pode levar quando adolescente a se negar a falar.
A mãe pode ser inconveniente o que pode desenvolver esta atitude na pessoa, aqueles que conseguem dizer exatamente aquilo que os outros não querem ouvir.
   Nesta passagem dificulta guardar segredos, desvenda coisas escondidas há muito tempo como o sequestro das três mulheres, há 10 anos em Cleveland - Ohio nos EUA, e que conseguiram se libertar de seus algozes nestes dias.
   Desvendam segredos por não conseguir mais manter oculta, incapacidade de silenciar, escândalos administrativos, de gestão pública, políticos, contratos fraudulentos e mantidos protegidos pelo silêncio. Em tempos de Lilith em Gêmeos soltam-se as travas dos medos por coação. Vai refletir as ameaças e os ataques para os outros, inverte a passividade. Período que quem se interessar em saber, saberá.
   Até lá vai se falar muito, invadir espaços antes proibidos através da comunicação ativa e agressiva.
   Descobrir o poder das nossas palavras, o cuidado que devemos ter ao falar, que podemos ter o que falamos, muitas vezes sem pensar, e que ao longo da vida arcamos com elas.
   Sucesso nas investigações, esclarecimentos e comunicação ao grande público serão ganhos deste período, devemos cuidar com fofocas e excessos com as palavras, que podem gerar conflitos familiares e sociais.