Translate

sábado, 13 de abril de 2013

Revolução Solar

                                    Revolução Solar

   O mapa da Revolução Solar é o que traçamos no momento que o Sol completa o ciclo anual, volta ao grau, signo, minuto e segundo do momento do nascimento. Como o movimento dos planetas não é regular, o Sol volta a sua posição de origem, quase sempre, em horários e até mesmo dias diferentes todo ano.
   Na hora em que o Sol atinge este ponto encontramos o signo que está no horizonte e definimos o signo Ascendente da Revolução Solar. Partindo deste dia, hora e cidade em que acontece este retorno encontramos o restante dos planetas e definimos as casas do mapa.
   O signo do Ascendente anual corresponde à área da vida, casa do mapa natal, em que será focado o ano. Em alguns anos da nossa vida podemos ter o retorno do Ascendente natal ao mapa anual, significando um recomeço possibilidade de reformular e até reverter trajetória, fazer mudanças importantes de estilo, aparência, escolhas e assumir a identidade real, adquirir maior consciência, auto-aceitação, o que pode melhorar consideravelmente a auto-estima.
   O planeta regente do Ascendente da Revolução, signo e casa em que se encontra é de grande importância, determinante como e em que área as coisas vão se desenvolver. Por exemplo: Ascendente em Leão com o Sol em Touro na casa IX, não avaliando aspectos, a interpretação focará na expressão da identidade, através de um grande desenvolvimento da percepção, das reais capacidades, resistência e obstinação. Ano que vai gerar um acesso a consciência do Eu e possibilita o desenvolvimento de crenças e filosofia de vida mais identificada com a personalidade. Leão é a manifestação do Ser, o Sol é o espírito, Touro a matéria, a estrutura pessoal, a casa IX é regida por Sagitário que representa a ética, a busca do conhecimento e as leis que regem a natureza de todas as coisas, o acesso as possibilidades de expansão, da consciência e sabedoria.
   A posição da Lua na revolução apontar como vamos processar emocionalmente, alquimizar as possibilidades, sentir os acontecimentos e reagir a eles. Exemplo: Lua em Áries: instintiva e impulsiva, em Touro: lenta e obstinada, em Gêmeos: ágil e flexível, em Câncer: emocional e afetiva e assim sucessivamente.
   O correto é que a leitura da Revolução não aconteça de forma isolada, sua referência primeira é o mapa natal aliado a outras técnicas como progressões, revolução lunar e trânsitos.
   Quando nascemos nossas revoluções solares já estão definidas, é o desenrolar da nossa existência. Sua interpretação nada mais é do que o acompanhamento, o reavaliar como levar nossas vidas da melhor maneira possível, dentro das nossas limitações existenciais, o acompanhamento do desenvolvimento dos nossos talentos e dificuldades. Trata-se de uma ferramenta que temos acesso no momento em que o Sol cumpre seu ciclo ao redor da eclíptica, o plano da órbita da Terra ao redor do Sol, determinando o fim e o início de um ciclo. É o símbolo do Ouroboros, cobra que come o próprio rabo, significando o infinito da vida, o eterno finalizar e recomeçar.
   Neste momento fazemos uma avaliação do que passou e projetamos o que há de vir, mentalizamos um Portal no signo que está no Ascendente da Revolução Solar. No novo ano pessoal, formatamos nossas expectativas e metas, planejamos e nos apropriamos de nossa existência, com a consciência do todo que nos cerca e seus ciclos, através da análise dos planetas sociais, Júpiter e Urano e os trans-pessoais Urano, Netuno e Plutão.