Translate

sexta-feira, 15 de março de 2013

Marte em Áries

                                  Marte em Áries

   Filho de Juno e de Júpiter, Marte o deus da guerra sangrenta, ao contrário de sua irmã Minerva, que representa a guerra justa e diplomática. Os irmãos tinham uma desavença que se consumou nas muralhas de Troia, cada um comandando seus exércitos. Marte defendendo os troianos foi derrotado.
   Marte apesar de bárbaro tem o amor de Vênus e tem um filho a quem chamaram de Cupido e uma filha mortal chamada Harmonia. Mantinham uma relação bígama, pois Vênus era casada com Vulcano, que ao descobrir a traição prendeu-os em uma rede enquanto estavam na cama.
  Seu correspondente grego é Ares e o planeta Marte recebeu este nome pela sua cor vermelha, provavelmente, que é associada ao sangue, que tem relação com a ideia de violência e agressividade.
Marte é o regente de Áries que representa a força vital, ato de nascer, rege a cabeça que no nascimento se choca com os ossos da bacia da mãe, rasgando suas entranhas para manifestar a vida. A penetração no ato da fecundação também é relacionada ao planeta Marte, que representa a energia masculina no nosso Mapa Natal.
  Costumamos relacionar Áries a violência, mas para nascer precisamos da força da natureza que está no começo de todas as coisas e que tem sempre implícito o final de outra. As forças universais e o princípio da vida estão sempre em movimento, o nosso sistema solar e todos os outros surgiram de explosões, assim como a vida aqui no nosso planeta também se dá, explodindo e rasgando, e isto não é necessariamente violência, mas isto é um debate filosófico.
  Quem tem Marte em Áries tem necessidade de expressar a energia de forma física e sexual, é impaciente e apressado, pode parecer querer atropelar tudo a sua frente por querer sempre estar à frente, são líderes natos. Em aspecto desarmônico pode gerar descontroles e ações demasiadamente agressivas, impaciência que os expõe a riscos e violência social, armas de fogo, ferimentos na cabeça, parte do corpo regida por Marte, acidentes fatais ou morte violenta.
  Áries é o signo do espírito de luta, da independência, da velocidade e possui enorme energia sexual. Precisa controlar a agressividade, a impaciência e adquirir autocontrole. Seus nativos possuem grande personalidade e causam forte impressão.
   Desde o dia 12 de março até 20 de abril de 2013 temos o trânsito de Marte por Áries, signo do qual é regente, onde expressa todo seu potencial.
Marte em Áries exige ação, indica vitalidade, energia, entusiasmo, capacidade de conquista, ousadia, pioneirismo, competição, espírito de aventura e empreendedorismo. Estaremos mais exaltados e entusiasmados para iniciar projetos e fazer mudanças estruturais na nossa vida. 
   A ousadia de Marte em Áries e a necessidade de revolucionar e modernizar ações apontadas por Urano em Áries, nos fazer tentar o que nunca tínhamos feito antes, fruto da maior autoconfiança e iniciativa, podemos tentar o que ninguém fez antes e descobrir novas alternativas e revolucionar conceitos.
  A quadratura de Marte em Áries com Plutão em Capricórnio nos aponta um encontro de Titãs, que podem aumentar os escândalos e todos os assuntos referentes à sexualidade. Este aspecto indica aumento das forças ocultas da psique, Plutão potencializa as forças de transformação, destrói e aniquila para que o novo possa vir. Marte por sua vez representa o potencial combativo e guerreiro que se não bem canalizados torna-se agressividade gratuita, compulsão e explosões de raivas incontidas, fruto de sentimentos contidos e medos.
  Vamos ser provocados a analisar de forma objetiva a raiz emocional oculta nos acontecimentos, pensar antes de descarregar em cima de alguém, analisar nossos sentimentos, frustrações, impotência e rejeição, que normalmente estão por trás destas atitudes agressivas.
   Em tempos de Netuno em Peixes, de 2012 a 2025, que trás um novo sentir, mesmo que ainda não tenhamos a real dimensão disto, vulnerabilidade aos sentimentos e aos sonhos, corações mais sensíveis a arte, a beleza e a transcendência, nos deixando mais conscientes da necessidade que temos dos outros e da importância do coletivo.
    Neste contexto o trânsito de Marte por Áries assume uma enorme importância, refletir sobre nossas ações e mudar o que precisa ser mudado em nós, evoluir com o mundo que nos rodeia. Se reivindicarmos paz, precisamos encontrar sossego dentro de nós e compartilhar com o mundo que nos cerca, reconstruir nas ruínas das velhas estruturas. O mundo mudo quando nós mudamos.

“Do rio que tudo arrasta, diz-se que é violento. Mas ninguém chama de violentas às margens que o comprimem”. (Bertolt Brecht)