Translate

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Marte em Peixes

                               Marte em Peixes

   Marte o Deus da Guerra inicia seu trânsito por Peixes no dia 02 de fevereiro até 12 de março de 2013. A energia fica menos agressiva, mais tranquila e amena, no último signo de água lida com as bases mais evoluídas da humanidade, paz, amor, solidariedade e entendimento.
 Neste período estaremos mais pacíficos e propensos a analisar inúmeras alternativas, antes de tomar atitudes que possam ser agressivas ou competitivas. Marte em Peixes pode trazer muita dificuldade para decidir, podemos ficar dispersivos e extremamente sonhadores.
  As atitudes ficam mais indiretas, secretas, misteriosas e clandestinas. Nada se impõe, insinua. Tendência a agir de forma dissimulada e manipuladora, lançando mão de chantagens e cobranças subliminares. Com Marte nesta posição nada é óbvio, necessário analisar o que está por trás das ações e performances.  As manifestações de discordâncias e ressentimentos são sutis e indiretas. Precisamos usar nossa astúcia para ver o subliminar, ouvir a intuição para viver o ciclo de Marte em Peixes. São tempos para privilegiar os sonhos e todo tipo de ações solidarias. As ações humanitárias são interesses de Marte em Peixes, práticas espirituais e exercícios de controle da mente estão beneficiados neste ciclo, também para as pessoas que tem Marte nesta posição. A arte e o sublime estão no rol de manifestações deste posicionamento, também a confusão mental, delírios e abuso de drogas.
  Os homens que tem Marte em Peixes não gostam de tomar a iniciativa, são conquistados pelos sentidos e tem grande capacidade de compreender as motivações e atitudes dos outros. As mulheres são atraídas por homens sensíveis, refinados e cultos, também podem ser cercadas por muitos amigos gays. Manifestam sua sensualidade de forma romântica, muitas vezes secreta e tendem ter amores clandestinos, difíceis e proibidos. Quem tem este posicionamento ajuda querendo manter o outro dependente emocionalmente ou tornam-se emocionalmente dependente dos outros. Hiper sensibilidade e sentimentalismo podem causar acessos de choro e se deixar dominar pela auto-piedade.
 Raivas reprimidas podem trazer tendências neuróticas e sintomas psicossomáticos, se colocar na posição de mártir, ter dificuldade de tomar as rédeas da própria vida, estruturar as ações e terminar o que inicia.
Marte em Peixes chama atenção para negócios clandestinos, máfias, fraude, sequestros, roubos e traições. Podemos estar mais introspectivos e com tendências a melancolia.
  Atuando na área dos sonhos, divagações e transcendência beneficiam a criatividade e intuição.Estaremos mais propensos a atividades solitárias, trabalhar secretamente, dedicação ao mundo interior e a conexão com os desejos mais íntimos. É tempo de afiar as atitudes e curar possíveis feridas e imaturidades emocionais, problemas reais e imaginários, materiais e psicológicos, que influenciam nas nossas ações e se refletem nos acontecimentos das nossas vidas. Marte em Peixes isola para evoluir e curar, a dor que motiva e ensina.
  Neste final de semana Marte em Peixes encontra Netuno também em Peixes, ficaremos mais propensos a enganos, ilusões e decisões equivocadas. Podemos gerar acontecimentos que podem fugir do nosso controle. Estaremos desatentos e descuidados, podendo agir de forma confusa e ambígua.
  Estaremos mais sensíveis as drogas e a remédios, expostos a erros médicos e problemas de anestesia. Atenção nos negócios e as relações pessoais, exposição a fraudes, amoralidades e escândalos. 
  Se tratando de uma conjunção de  Marte e Netuno, acontecimentos mágicos e positivos podem ocorrer para quem vibra com entrega e flexibilidade. Os talentos estarão enfatizados, encontro com pessoas espiritualizadas e criativas podem trazer muita informação e soluções para nossas vidas. Por precaução só podemos avaliar concretamente os fatos depois do dia 06 de fevereiro, quando o aspecto se dilui.
  Ao longo do seu trânsito por Peixes, Marte fará aspecto harmônico com Plutão e Capricórnio ajudando a dissolver resistências e nos deixando mais adaptável as circunstâncias das estruturas em transformação. O trígono com Saturno em Escorpião evolui as ações da humanidade, se aceita o que se nega e liberta dos medos. No início do trânsito fará quadratura com Júpiter em Gêmeos, cuidar com excessos e a tendência a nos perder em devaneios e delírios.