Translate

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Marte em Aquário

                               Marte em Aquário

   Até 02/02/2013 Marte fica em Aquário. Planeta que representa a ousadia, coragem e iniciativa, no arquétipo da liberdade foca a experimentação, rebeldia e teimosia. Aquário é um signo fixo.
   Ações kamikazes são próprias de quem tem Marte nesta posição. Em trânsito no céu nos deixa mais solto e com maior capacidade para expressar o eu verdadeiro, sem máscaras ou limites. Estaremos mais rápidos, premeditados e com pensamentos ágeis e ações contundentes. Sem medo das conseqüências deveremos arcar com a responsabilidade de nossos atos, e isto nem sempre é fácil.
   Planejar não é descartado, mas não se furta do direito de mudar de rota ou atitude no meio do caminho. Marte nesta posição chama atenção para as novidades, principalmente as tecnológicas. O problema deste posicionamento pode ser a impaciência e a rebeldia desenfreada, que também é uma qualidade dos inventores e criativos.
   Marte em Aquário representa a capacidade humana de ousar, diferenciar, evoluir, criar o novo, o porvir, diferente e futurista. Nem sempre compreendidos, mas suas ações impulsionam o coletivo ao progresso, a ciência e as mudanças nos costumes.
   Sendo temerários, dificilmente é parado em sua ânsia de liberdade e novidade, agem pelo coletivo com noção de conjunto social, enfrentam com coragem as atitudes reacionárias, mesmo que não tenha em muitos momentos, noção do que estão fazendo a não ser seguir sua própria natureza.
   A posição por signo e casa de Marte, no nosso Mapa Natal, fala de onde somos empurrados pelas forças de nossa natureza ou da natureza que há em nós. Impulso da vida, este planeta representa o nascimento, o ato de romper obstáculos, como nos defendemos, atacamos, violência, autopreservação, dependendo do equilíbrio e consciência de cada um. Ação, movimento e atitude.
   A atitude de Marte em Aquário é libertária e revolucionária, líderes políticos e espirituais. Apontam, avisam o que está se preparando. Incompreendidos pelo medo que se tem do diferente, pela tendência que todos os organismos vivos têm de expelir o que não conhecem e não compreendem.
   Com Netuno em Peixes, Marte fará conjunção com ele no início de fevereiro, trazendo a dissolução no todo como foco deste ciclo, Marte em Aquário deverá ser vivido como oportunidade para aprendermos a conviver, aceitar as diferenças e se completar com e nelas, chance que só se repetirá daqui a dois anos e meio.
   Marte em seu ciclo celeste representa a afirmação da vida, e esta ao se afirmar nem sempre é muito sutil ou delicada. Sua beleza é bruta, selvagem e intempestiva, o que o excesso de civilização nos faz esquecer.
   Marte em Aquário é um chamado para a luta contra a inércia e acomodação do politicamente correto, o socialmente aceito, o possível e o impossível, determinado e limitador. São um chamado as ações coletivas e conjuntas, fraternas e solidárias, partindo da premissa que somos pequenos frente a nossa grandeza, e de todas as possibilidades que ainda vamos desenvolver juntos e diferentes.
   Marte é o regente de Áries e antes da descoberta de Plutão também de Escorpião. O medo e a hipocrisia são seus piores inimigos, distorcem ações e direcionam a energia para o inconsciente, tornando-as perturbadoras e imprevisíveis. Geram atitudes compulsivas, incontroláveis, autodestrutivas e destruidoras. Representa o líder e o assassino, as forças da realização ou o formula do fracasso.
   Aquário situa a ação no respeito pelas diferenças, nossa individualidade e a delícia e a dor de ser o que se é, acolhendo o outro, aceitando e sendo aceito, encontrando ações conjuntas, percebendo como somos fortes e mais completos em grupo, a serviço das  nossas metas pessoais e utopias coletiva.